Projeto de Monitoria

Projeto (2018): Docência em Estudos da Tradução: teoria e prática no mundo digital

 

Caracterização do projeto

 

O projeto de monitoria “Docência em Estudos da Tradução” foi iniciado em 2014 com o objetivo de produzir material de apoio para as atividades práticas das disciplinas de Estudos da Tradução que são, a princípio, de cunho teórico. Porém, a tarefa de traduzir não pode prescindir da prática e da leitura crítica de traduções. Assim, para que as disciplinas não sejam algo meramente abstrato e distante da realidade dos alunos, este projeto de monitoria vem disponibilizando textos traduzidos em arquivos bilíngues e multilíngues no próprio site: <www.traducao.uff.br>, além de textos teóricos e trabalhos-modelos dos próprios alunos, em que muitos realizam pequenas traduções, tendo atendido 4 disciplinas em 2017. Tendo obtido o primeiro lugar na 2ª etapa da Semana de Monitoria, o projeto de 2018 objetiva: 1) dar continuidade à produção de material, a partir de textos que ainda não tenham sido digitalizados; 2) digitalizar textos teóricos essenciais; e 3) introduzir o/a monitor/a na área de docência em estudos da tradução. Dessa maneira, o banco de textos auxiliará a professora na elaboração de aulas que estimulem a prática e o pensamento crítico sobre tradução, ao mesmo tempo em que possibilita aos alunos um primeiro contato com o fazer tradutório e docente.

 

 

Atribuição do monitor

 

Os monitores terão como principais atribuições: 1) pesquisar, selecionar e formatar textos traduzidos, preferencialmente aqueles que ainda não tenham sido digitalizados e que possuam mais de uma tradução para servirem de apoio a todas as disciplinas de Estudos da Tradução, podendo esses materiais serem usados em aula ou em atividades em casa; 2) pesquisar e digitalizar textos críticos fundamentais, facilitando o acesso dos alunos a esses textos, obedecendo sempre às normas de direito autoral vigentes; 3) pesquisar arquivos midiáticos relacionados à tradução e/ou traduzir pequenos textos. Além disso, os monitores poderão oferecer uma oficina por semestre para apresentar e discutir uma das traduções/imagens selecionadas, atividade em que terão uma experiência de introdução à docência e em que poderão verificar a aplicabilidade dos textos traduzidos às discussões teóricas.

 

Atividade principal do monitor: produção de material de apoio

* * * * *

 

Projeto (2017): Docência em Estudos da Tradução: teoria e prática no mundo digital

Caracterização do projeto

O projeto de monitoria “Docência em Estudos da Tradução” foi iniciado em 2014 com o objetivo de produzir material de apoio para as atividades práticas das disciplinas de Estudos da Tradução que são, a princípio, de cunho teórico. Porém, a tarefa de traduzir não pode prescindir da prática e da leitura crítica de traduções. Assim, para que as disciplinas não sejam algo meramente abstrato e distante da realidade dos alunos, este projeto de monitoria vem disponibilizando textos traduzidos em arquivos bilíngues e multilíngues no próprio site: <www.traducao.uff.br>, além de textos teóricos e trabalhos-modelos dos próprios alunos, em que muitos realizam pequenas traduções, tendo atendido 4 disciplinas e 6 turmas em 2016. Seguindo esse percurso, o projeto 2017 objetiva: 1) dar continuidade à produção de material, a partir de textos que ainda não tenham sido digitalizados; 2) digitalizar textos teóricos essenciais; e 3) introduzir o/a monitor/a na área de docência em estudos da tradução. Dessa maneira, o banco de textos auxiliará a professora na elaboração de aulas que estimulem a prática e o pensamento crítico sobre tradução, ao mesmo tempo em que possibilita aos alunos um primeiro contato com o fazer tradutório e docente.

Atribuição do monitor

Os monitores terão como principais atribuições: 1) pesquisar, selecionar e formatar textos traduzidos, preferencialmente aqueles que ainda não tenham sido digitalizados e que possuam mais de uma tradução para servirem de apoio a todas as disciplinas de Estudos da Tradução, podendo esses materiais serem usados em aula ou em atividades em casa; 2) pesquisar e digitalizar textos críticos fundamentais, facilitando o acesso dos alunos a esses textos, obedecendo sempre às normas de direito autoral vigentes; 3) pesquisar imagens relacionadas à tradução e/ou traduzir pequenos textos. Além disso, os monitores poderão oferecer uma oficina por semestre para apresentar e discutir uma das traduções/imagens selecionadas, atividade em que terão uma experiência de introdução à docência e em que poderão verificar a aplicabilidade dos textos traduzidos às discussões teóricas. 

Atividade principal do monitor: produção de material de apoio

Relato de monitoria de Matheus Oliveira Paiva Curi na Semana Acadêmica de 2017:

Relato Matheus Oliveira Paiva Curi 2017 (pdf)

 

* * * * *

 

Projeto (2016): Docência em Estudos da Tradução: teoria e prática no mundo digital

Caracterização do projeto

O projeto de monitoria “Docência em Estudos da Tradução” foi iniciado em 2014 com o objetivo de produzir material de apoio para as atividades práticas das disciplinas. As disciplinas de Estudos da Tradução são, a princípio, disciplinas de cunho teórico, no entanto, verifica-se que a reflexão teórica sobre o traduzir não pode prescindir da prática e da leitura crítica de tradução. Assim, para que as disciplinas não sejam algo meramente abstrato e distante da realidade dos alunos, este projeto de monitoria vem disponibilizando textos traduzidos em arquivos bilíngues e multilíngues no próprio site: <www.traducao.uff.br>, além de textos teóricos e trabalhos-modelos dos próprios alunos, em que muitos realizam pequenas traduções. Seguindo esse percurso, o projeto 2016 objetiva: 1) dar continuidade à produção de material, a partir de textos que ainda não tenham sido digitalizados; 2) digitalizar textos teóricos essenciais; e 3) coletar imagens e/ou traduzir textos que sirvam para estimular o debate reflexivo sobre tradução, arte e mundo digital. Dessa maneira, o banco de textos e imagens auxiliará a professora na elaboração de aulas que estimulem a prática e o pensamento crítico sobre tradução, ao mesmo tempo em que possibilita aos alunos um primeiro contato com o fazer tradutório. 

Atribuição do monitor

Os monitores terão como principais atribuições: 1) pesquisar, selecionar e formatar textos traduzidos, preferencialmente aqueles que ainda não tenham sido digitalizados e que possuam mais de uma tradução para servirem de apoio a todas as disciplinas de Estudos da Tradução, podendo esses materiais serem usados em aula ou em atividades em casa; 2) pesquisar e digitalizar textos críticos fundamentais, facilitando o acesso dos alunos a esses textos, obedecendo sempre às normas de direito autoral vigentes; 3) pesquisar imagens relacionadas à tradução e/ou traduzir pequenos textos. Além disso, os monitores poderão oferecer uma oficina por semestre para apresentar e discutir uma das traduções/imagens selecionadas, atividade em que terão uma experiência de introdução à docência e em que poderão verificar a aplicabilidade dos textos traduzidos às discussões teóricas. 

Atividade principal do monitor: produção de material de apoio

Relato de monitoria de Matheus Oliveira Paiva Curi na Semana Acadêmica de 2016:

Relato Matheus Oliveira Paiva Curi 2016 (pdf)

* * * * * 

 

Projeto (2015): Docência em Estudos da Tradução

Caracterização do projeto:

Este projeto de monitoria tem como objetivo a produção de material de apoio para as disciplinas de Estudos da Tradução. Essas disciplinas são oferecidas como optativas a todos os cursos de letras estrangeiras e, em paralelo à discussão de textos teóricos sobre tradução, uma atividade essencial dessas disciplinas inclui a leitura de textos traduzidos para que os conceitos críticos e a reflexão teórica se desenvolvam, também, a partir da análise de traduções. Devido a essa heterogeneidade linguística nas turmas, há a necessidade de se criar um banco de textos traduzidos, para uso em sala de aula, nas diversas línguas oferecidas pelo Instituto de Letras. Neste ano, daremos a prioridade para a coleta de textos em prosa e para a reunião dos materiais críticos disponíveis na internet ou a digitalização de alguns textos críticos essenciais. Esse banco de textos traduzidos tem duas finalidades: 1) auxiliar o/a professor/a na elaboração de aulas de análises críticas, buscando contemplar cada uma das línguas estudadas pelos alunos, e 2) estimular a autonomia do estudo individual dos alunos, que poderão acessar as traduções para análises próprias e para a condução de trabalhos individuais ou em grupo, buscando engajar o aluno na disciplina.

Atribuição do monitor:

Os monitores terão como principal atribuição 1) pesquisar, selecionar e formatar textos traduzidos, preferencialmente aqueles que possuam mais de uma tradução para servirem de apoio às disciplinas de Estudos da Tradução, podendo esses materiais serem usados em aula ou em atividades de avaliação dos alunos; 2) pesquisar e/ou digitalizar textos críticos fundamentais para disponibilizar e facilitar o acesso dos alunos matriculados a esses textos, obedecendo sempre às normas de direito autoral vigentes; 3) oferecer uma oficina por semestre, em que deverão apresentar uma das traduções selecionadas e conduzir uma discussão sobre as possibilidades de tradução, atividade em que terão uma experiência de introdução à docência e em que poderão verificar a aplicabilidade dos textos traduzidos às discussões teóricas. Além disso, os monitores poderão participar, junto com a professora, das atividades de correção de provas e trabalhos, auxiliar os alunos e propor novas formas de engajamento.

Atribuição principal do monitor:

Preparação de material essencial para atividades práticas.

 

Relato de monitoria de Renata Silveira Lopes na Semana Acadêmica de 2015:

Iniciação à docência e pesquisa em Estudos da Tradução (pdf)

 

* * * * *

Projeto (2014):

Docência em Estudos da Tradução: elaboração de banco de traduções e textos críticos

Caracterização do projeto:

Este projeto de monitoria tem como objetivo a produção de material de apoio para as disciplinas de Estudos da Tradução. Essas disciplinas são oferecidas como optativas a todos os cursos de letras estrangeiras e, em paralelo à discussão de textos teóricos sobre tradução, uma atividade essencial dessas disciplinas inclui a leitura de textos traduzidos para que os conceitos críticos e a reflexão teórica se desenvolvam, também, a partir da análise de traduções. Devido a essa heterogeneidade linguística nas turmas, há a necessidade de se criar um banco de textos traduzidos, para uso em sala de aula, nas diversas línguas oferecidas pelo Instituto de Letras. Dessa maneira, esse banco de textos traduzidos auxiliará o/a professor/a na elaboração de aulas de análises críticas, buscando contemplar cada uma das línguas estudadas pelos alunos, e estes também teriam disponíveis várias opções de traduções para análise e para a condução de trabalhos individuais ou em grupo. Ainda na produção de material de apoio, uma tarefa importante a ser feita é a reunião dos materiais críticos disponíveis na internet ou a digitalização de alguns textos essenciais que poderão ser coletados pelos monitores e disponibilizados em uma página virtual para acesso dos alunos matriculados na disciplina.

 

Atribuição do monitor:

Os monitores terão como principal atribuição 1) pesquisar, selecionar e formatar textos traduzidos, preferencialmente aqueles que possuam mais de uma tradução para servirem de apoio às disciplinas de Estudos da Tradução, podendo esses materiais serem usados em aula ou em atividades de avaliação dos alunos; 2) pesquisar e/ou digitalizar textos críticos fundamentais para disponibilizar e facilitar o acesso dos alunos matriculados a esses textos, obedecendo sempre às normas de direito autoral vigentes. Além disso, os monitores poderão oferecer uma oficina por semestre, em que deverão apresentar uma das traduções selecionadas e conduzir uma discussão sobre as possibilidades de tradução, atividade em que terão uma experiência de introdução à docência e em que poderão verificar a aplicabilidade dos textos traduzidos às discussões teóricas.  Por último, os monitores deverão participar de eventos da área de Estudos da Tradução na UFF e em outras universidades, quando possível.

 Atividade principal do monitor: Produção de material de apoio

 

Relato de monitoria de Raquel Waldez na Semana Acadêmica de 2014:

Elaboração de conteúdo e de site para as disciplinas de Estudos da Tradução (pdf)